Justiça

Tribunal condena dez dos 14 arguidos acusados de abuso sexual

Tribunal condena dez dos 14 arguidos acusados de abuso sexual

 

Luís Pedro Silva   Regional   17 de Mar de 2010, 10:38

O Tribunal de Ponta Delgada condenou esta quarta-feira dez dos 14 arguidos acusados de abuso sexual de uma rapariga de 12 anos, em Vila Franca do Campo.
A decisão do tribunal determinou a aplicação de cinco penas de prisão efectivas, com penas entre os 6 e 4 anos de prisão, enquanto outros cinco arguidos ficaram com penas suspensas.

A pena mais elevada foi aplicada a um homem de 44 anos, empresário da construção civil, que foi acusado da prática de vinte actos sexuais com a menor.

Um dos arguidos absolvidos foi considerado inimputável e sem perigosidade, não sendo aplicada nenhuma medida de segurança.

Também foram absolvidos três arguidos de 25, 27 e 82 anos.

No final da leitura do acórdão diversos advogados manifestaram a intenção de recorrer da decisão do tribunal.

O Ministério Público indicou que vai estudar o acórdão para verificar se avança com recurso das penas aplicadas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.