Três sindicatos mantêm paralisação e vão acatar requisição civil


 

Lusa/AO Online   Economia   24 de Dez de 2014, 12:29

Três dos 12 sindicatos representantes dos trabalhadores da TAP, que dizem representar 50 por cento dos funcionários daquela empresa, anunciaram que mantêm a greve nos dias 27 a 30, mas "acatando a requisição civil" decretada pelo Governo.

 

Os três sindicatos - Nacional dos Trabalhadores da Aviação Civil (SINTAC), dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (SITAVA) e Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) –, “que em conjunto representam mais de 50% dos trabalhadores da TAP, mantêm a greve, acatando, no entanto, a requisição civil decretada”, pode ler-se num curto comunicado hoje divulgado pelo SNPVAC.

No comunicado pode ainda ler-se que “ao SNPVAC não foi dado nenhum memorando para analisar e/ou assinar”.

Nove de doze sindicatos representantes dos trabalhadores da TAP anunciaram hoje, em comunicado, a desconvocação da greve marcada para os dias 27 a 30 de dezembro.

"Os Sindicatos signatários e o Governo aceitaram as bases de um memorando visando a criação das condições subjacentes ao funcionamento do Grupo de Trabalho, no âmbito da eventual reprivatização do Grupo TAP", anunciaram os sindicatos dos Economistas, dos Engenheiros, dos Contabilistas, das Indústrias Metalúrgicas e Afins, dos Técnicos de Manutenção de Aeronaves, dos Pilotos da Aviação Civil, dos Quadros da Aviação Comercial, dos Técnicos de Handling de Aeroportos e Nacional dos Engenheiros.

Neste pressuposto, consideram os sindicatos estarem "reunidas as condições para a desconvocação da greve".

A decisão de relançar a privatização da companhia aérea, suspensa em dezembro de 2012, acendeu uma onda de contestação, que culminou com a marcação de uma greve de quatro dias de 27 a 30 dezembro, tendo entretanto o ministro da Economia anunciado a decisão do Governo de decretar uma requisição civil dos trabalhadores da TAP para minimizar o impacto da paralisação.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.