Três presumíveis membros da Al-Qaida mortos por 'drone' no Iémen


 

Lusa/AO online   Internacional   9 de Ago de 2014, 15:06

Três presumíveis membros da Al-Qaida foram mortos num ataque com um avião não-tripulado ('drone') contra uma casa no sul do Iémen, segundo fonte das forças de segurança citada pela agência France Presse.

 

O ataque “visou uma casa em Marib (…) matou três membros da Al-Qaida e feriu duas mulheres”, disse a fonte, sem identificar as vítimas.

O ataque foi lançado um dia depois de membros da rede terrorista terem sequestrado e executado 15 soldados iemenitas na província de Hadramout, no sudeste do país.

Em meados de abril, uma série de ataques com ‘drones’ norte-americanos e bombardeamentos da aviação iemenita contra bases e campos de treino da Al-Qaida fizeram cerca de 60 mortos.

Esses ataques foram seguidos de uma ofensiva terrestre do exército iemenita contra forças ‘jihadistas’ nas províncias de Shabwa e Abyane, no sul.

A Al-Qaida no Iémen, considerada pelos Estados Unidos o ramo mais perigoso da rede terrorista, reforçou a sua presença no país em 2011 na sequência da revolta popular contra o regime do presidente Ali Abdallah Saleh.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.