Três milhões de pessoas devem chegar à Europa até 2017

Três milhões de pessoas devem chegar à Europa até 2017

 

Lusa/AO online   Internacional   5 de Nov de 2015, 10:53

Três milhões de refugiados deverão chegar à Europa até 2017, altura em que haverá uma "normalização gradual dos fluxos", estimou a Comissão Europeia nas previsões económicas de outono.

 

O executivo comunitário notou que este número significará um aumento na população de 0,4%, tendo em conta que alguns requerentes de asilo não terão direito à proteção internacional.

No documento hoje divulgado, Bruxelas prevê um milhão de chegadas durante 2015, 1,5 milhões no próximo ano e meio milhão em 2017.

O comissário para os assuntos económicos, Pierre Moscovici, comentou que o fluxo de migrantes poderá fazer crescer a economia europeia.

"Haverá um pequeno impacto, mas positivo no crescimento da União Europeia, como um todo, que fará subir o Produto Interno Bruto de 0,2 para 0,3% em 2017”, notou o responsável, em conferência de imprensa, acrescentando que estes dados podem “combater um certo número de ideias feitas” e defender a política da Comissão de apoio a migrantes.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.