Três desalojados em incêndio que destruiu moradia em Ponta Delgada


 

Lusa/AO Online   Regional   6 de Dez de 2011, 10:26

 Um incêndio destruiu hoje de madrugada uma moradia na baixa de Ponta Delgada, em S. Miguel, nos Açores, deixando sem casa uma família de três pessoas, que ficaram sem todos os bens que possuíam.

Os Bombeiros Voluntários de Ponta Delgada receberam a chamada para combater o incêndio cerca das 03:30 (04:30 em Lisboa), mas, apesar de todos os esforços, não conseguiram impedir a destruição da moradia.

O combate ao fogo permitiu, no entanto, evitar a sua propagação às casas contíguas, referiu à Lusa o segundo comandante da corporação, João Moniz, acrescentando que foram mobilizados 22 homens para esta operação.

A casa destruída pelo fogo, ocupada por um casal e um filho, localiza-se na Rua dos Capas, um arruamento de difícil acesso, na zona baixa da cidade de Ponta Delgada. As causas do incêndio ainda não estão apuradas.

"A família ficou sem todos os bens que possuía", afirmou à Lusa o diretor regional da Habitação, Carlos Faias, acrescentando que as autoridades regionais vão disponibilizar "apoio financeiro" para a aquisição de roupas e bens de primeira necessidade.

Os três desalojados passaram a noite em casa de familiares, mas já iniciaram esta manhã a procura de uma nova habitação para morar, com o apoio de elementos especializados da Direção Regional de Habitação.

"Eles pagavam 300 euros de renda pela casa que ardeu, pelo que vamos apoiar com essa verba para que possam encontrar uma nova habitação", afirmou Carlos Faias, admitindo que, "em termos provisórios e excecionais", possa ser disponibilizada uma verba superior, caso não seja possível encontrar rapidamente no mercado de arrendamento uma habitação dentro dos valores pretendidos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.