Transportadora Azores Airlines inicia voos para Barcelona e Cabo Verde no verão

Transportadora Azores Airlines inicia voos para Barcelona e Cabo Verde no verão

 

Lusa/AO Online   Regional   13 de Dez de 2016, 13:58

A Azores Airlines, do grupo SATA, inicia no verão IATA (de abril a outubro) ligações para Barcelona e Cabo Verde, novas rotas que o presidente da transportadora considerou terem "muito potencial".

 

“No ano de 2017 vamos começar, no início do verão IATA, a rota de Barcelona, com duas frequências semanais, e vamos também iniciar só em junho a rota de Cabo Verde. São duas rotas novas que identificamos com muito potencial”, afirmou Paulo Menezes, acrescentando que a rota de Barcelona já está à venda e tem tido uma “procura bastante grande”.

O presidente do conselho de administração da SATA, Paulo Menezes, falava no Teatro Micaelense, em Ponta Delgada, ilha de São Miguel, na apresentação do plano de exploração “Summer 2017” e de novos produtos da transportadora Azores Airlines.

Paulo Menezes explicou que a operação será feita com as aeronaves da companhia, à semelhança do ocorrido no verão de 2016, acrescentando que está previsto chegar o primeiro A321 “no último trimestre de 2017” e a segunda aeronave “no primeiro trimestre de 2018”.

Presentemente, a frota da Azores Airlines é composta por um avião ‘A330’, três ‘A310’ e três ‘A320’.

“O plano é operar 972 voos no total no próximo ano, mais 46% que em 2016”, adiantou Paulo Menezes.

No próximo ano, a companhia aérea irá disponibilizar dois novos produtos, o “Overnight”, que possibilita ao passageiro que não consegue ligação no próprio dia entre EUA/Canadá e Europa ou Canárias pernoitar nos Açores sem pagar o alojamento.

O segundo produto, o “Stopover”, permite ao passageiro em trânsito entre o continente americano e a Europa estar até sete dias nos Açores sem acréscimo de tarifa.

Para o secretário regional dos Transportes e Obras Públicas, Vítor Fraga, o plano de exploração da SATA “demonstra claramente o comprometimento da Azores Airlines com a região”, assumindo-se o arquipélago “como uma placa giratória entre a Europa, a América do Norte e a Macaronésia (Açores, Madeira, Cabo Verde e Canárias).

Vitor Fraga destacou que este comprometimento com os Açores “traduz-se na oferta, no decorrer de 2017, de 1,3 milhões de lugares nas ligações de e para a região, ou seja, um reforço de 355 mil lugares no que à acessibilidade aos Açores diz respeito”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.