Transavia vê liberalização das ligações para Açores como "interessante oportunidade

Transavia vê liberalização das ligações para Açores como "interessante oportunidade

 

Lusa/AO Online   Regional   23 de Jul de 2014, 10:11

A companhia aérea de baixo custo transavia.com garantiu hoje que vai analisar a liberalização das ligações entre o continente e duas ilhas dos Açores, considerando que é "uma interessante oportunidade de crescimento".

Em declarações à Lusa, Hervé Kozar, diretor adjunto comercial da transavia.com, explicou que o objetivo da companhia aérea de baixo custo é "crescer e consolidar posição no segmento de turismo de lazer na Europa e no Mediterrâneo".

"Pelo que conhecemos e estudámos, o arquipélago dos Açores tem interesse para o segmento de turismo de lazer, incluindo paisagens naturais e gastronomia fora do comum", declarou o responsável.

O porta-voz da companhia francesa elogiou o acordo do governo regional dos Açores com o executivo nacional que prevê a liberalização das ligações aéreas entre o continente e duas ilhas do arquipélago - entre Lisboa e o Porto e as ilhas de S. Miguel e a Terceira - e a diminuição para metade das tarifas para residentes.

"Vamos estudar. Numa primeira abordagem, vemos a liberalização como uma interessante oportunidade de crescimento", acrescentou.

Hervé Kozar lembrou que a companhia abriu novas rotas em Portugal já este ano e que "a expetativa é abrir mais em 2015".

Também a easyJet já manifestou intenção de voar para os Açores na sequência do anúncio da liberalização das ligações aéreas entre o continente e duas ilhas do arquipélago, enquanto a Ryanair admite querer operar "novas rotas", escusando mais comentários sobre o processo.

"Com esta liberalização, estas rotas encontram-se totalmente abertas à entrada de qualquer companhia aérea, incluindo as chamadas 'low cost'", sublinhou Vasco Cordeiro. Atualmente, só a SATA e a TAP voam para os Açores.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.