Galp

Trabalhadores da Galp ameaçam fazer greve


 

Lusa / AO online   Economia   23 de Mar de 2010, 10:05

Os trabalhadores da Galp Energia iniciam esta segunda-feira um conjunto de plenários em que poderão decidir fazer greve, face à proposta de actualização salarial de 1,3 por cento e à recusa da administração em atribuir prémios de resultados.
“A administração mantém uma proposta muito baixa, de 1,3 por cento nos salários, e recusa-se a atribuir o prémio em função dos enormes lucros que teve”, disse à Lusa o coordenador da comissão Sindical Negociadora da Galp, Armando Farias.

“A empresa teve 213 milhões de euros de lucros em 2009, confirmou que vai fazer distribuição de lucros aos accionistas, mas em relação aos trabalhadores, que afinal são aqueles que produzem esta enorme riqueza, recusa-se a fazer a distribuição de qualquer valor”, acrescentou.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.