Tiago Pires empurrado por Gabriel Medina para repescagem na Gold Coast

Outras modalidades /
Surfista português Tiago Pires nas ondas da Austrália

808 visualizações   

O surfista português Tiago Pires foi relegado para a eliminatória de repescagem do Quiksilver Pro Gold Coast, da primeira etapa do circuito mundial de surf de 2013, após a reviravolta no confronto do brasileiro Gabriel Medina.
 

 

Tiago Pires, também conhecido como "Saca", liderou o sétimo "heat" da primeira ronda, contabilizando 14,97 pontos (7 e 7,97), enquanto o jovem brasileiro de 19 anos Gabriel Medina assegurou o triunfo na última onda, amealhando 15,67 pontos (9,5 e 6,17).

O desempenho de Medina foi conseguido depois de ter voltado à praia para ser assistido a uma lesão no tornozelo esquerdo.

"O primeiro ‘heat' do ano foi muito disputado. O Gabriel Medina apanhou-me mesmo no final com uma onda quase perfeita. Estou a sentir-me muito bem, venha o próximo ‘round'", escreveu Tiago Pires na sua página oficial na rede social na Internet Facebook, após a bateria tripartida, na qual o australiano Kieren Perrow também "caiu" para a repescagem, com 13,2 pontos (4,87 e 8,33).

Tiago Pires, 29.º do ‘ranking’ em 2012, vai disputar o acesso à terceira eliminatória frente ao norte-americano C.J. Hobgood, 13.º no circuito no ano passado, pouco depois de o detentor do título mundial, o australiano Joel Parkinson, também "lutar" pela permanência em prova frente ao compatriota Brent Dorrington, depois de ter sido surpreendido por Matt Wilkinson na primeira ronda.

O norte-americano Kelly Slater, 11 vezes campeão e segundo em 2012, o australiano Mick Fanning, o havaiano John John Florence e o sul-africano Jordy Smith venceram os respetivos "heats" e já estão qualificados para a terceira eliminatória do Quiksilver Pro Gold Coast, cujo período de espera termina a 13 de março.

Diário de Notícias Dinheiro Vivo Jornal de Notícias Notícias Magazine O Jogo TSF Volta ao Mundo Açoriano Oriental DN Madeira Jornal do Fundão