Tesla com perdas de 2,2 mil milhões de dólares em 2017

Tesla com perdas de 2,2 mil milhões de dólares em 2017

 

Lusa/AO online   Internacional   8 de Fev de 2018, 09:24

A Tesla aumentou as suas perdas líquidas para os 2,2 mil milhões de dólares em 2017, 189,7% a mais do que em 2016, depois de perder 770 milhões de dólares no último trimestre do ano, informou hoje o fabricante de automóveis elétricos.

Ao aumento das perdas ocorreu apesar de as receitas da Tesla aumentarem em 67,9%, para os 11,8 mil milhões de dólares.

A Tesla referiu, em comunicado, que "em algum momento em 2018” espera começar a “gerar receitas operacionais trimestrais de forma sustentada".

A empresa explicou que prevê que, com o aumento previsto na produção do Modelo 3 e dos produtos de armazenamento de energia, o crescimento das receitas em 2018 "excederá significativamente" as de 2017.

Tesla também prevê ainda que até o final do primeiro trimestre de 2018 atingirá os níveis de produção do Modelo 3 de 2.500 unidades por semana e que, no final do segundo trimestre, a taxa de produção será de 5.000 unidades por semana.

Mas a empresa alertou que, no passado, teve problemas para cumprir as suas expectativas de produção.

No último trimestre do ano, a Tesla entregou 28.425 unidades do modelo S e modelo X e 1.542 do Modelo 3.

Em todo o ano de 2017, a Tesla entregou 103.181 veículos: 101.417 unidades do Modelo S e Modelo X e 1.764 do Modelo 3.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.