Terra Peregrin diz-se surpreendida com decisão da CMVM para subir preço


 

Lusa/AO online   Economia   17 de Dez de 2014, 17:16

A Terra Peregrin ficou surpreendida com a decisão da CMVM que considera que esta terá de subir o preço da oferta sobre a PT SGPS para ficar dispensada de lançar uma OPA subsequente, disse fonte da empresa.

"Ficámos surpreendidos com a decisão da CMVM [Comissão do Mercado de Valores Mobiliários]. Vamos estudar o assunto" e "tomaremos uma decisão amanhã [quinta-feira]", disse fonte da Terra Peregrin, detida pela empresária angolana Isabel dos Santos.

A Terra Peregrin - Participações SGPS, da empresária Isabel dos Santos, tinha enviado um requerimento à CMVM relativo à derrogação (dispensa) do dever de lançamento de uma oferta pública de aquisição (OPA) na sequência da OPA voluntária preliminarmente anunciada pela empresa sobre a totalidade das ações da PT SGPS.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.