Tempestade tropical Nadine provocou quatro realojamentos e dezenas de ocorrências no grupo Central

Tempestade tropical Nadine provocou quatro realojamentos e dezenas de ocorrências no grupo Central

 

Lusa/AO Online   Regional   21 de Set de 2012, 09:52

A Proteção Civil dos Açores registou cerca de 60 ocorrências durante a madrugada, principalmente quedas de árvores e pequenos danos em habitações, na sequência da tempestade tropical Nadine, que obrigou também ao realojamento de quatro pessoas.

João Santos, diretor de Serviço de Planeamento e Operações da Proteção Civil, revelou à Lusa que foram registadas desde as 21:00 de quinta-feira "cerca de 60 ocorrências" nas ilhas do grupo Central (Terceira, S. Jorge, Graciosa, Pico e Faial), principalmente "queda de árvores e danos em estruturas habitacionais, nomeadamente em telhados e portas, e ainda num pavilhão polidesportivo no Pico, cujo telhado voou".

Ainda na ilha do Pico, segundo João Santos, "teve que ser realojada uma família de três pessoas", que foi para casa de familiares, enquanto uma idosa foi também realojada "por precaução".

Na ilha Terceira, a Ribeira de S. Bartolomeu "transbordou, mas sem grandes consequências".

João Santos salientou ainda que todas as ocorrências registadas pela Proteção Civil durante a noite e madrugada "foram resolvidas, em média, num prazo de 30 minutos a uma hora".

Este responsável recordou ainda que a previsão do Instituto de Meteorologia aponta para a manutenção das condições meteorológicas "pelo menos, durante todo o dia de hoje, com incidência nas ilhas do grupo Oriental" (S. Miguel e Santa Maria), onde se espera vento e chuva forte, além de agitação marítima.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.