Tempestade 'Earl' mata pelo menos 38 pessoas no México

Tempestade 'Earl' mata pelo menos 38 pessoas no México

 

Lusa/AO online   Internacional   8 de Ago de 2016, 10:45

A tempestade tropical 'Earl' provocou deslizamentos de terra que causaram pelo menos 38 mortos no México, segundo um novo balanço das autoridades mexicanas.

 

Um total de 28 pessoas morreram no centro do estado de Puebla, dos quais 15 eram menores de idade, devido a deslizamentos de terra que enterraram várias casas, disse o governo daquele estado, citado pela agência de notícias France Presse (AFP).

Mais 10 pessoas morreram em circunstâncias semelhantes no estado de Veracruz.

Um primeiro balanço dava conta da morte de uma pessoa em Puebla e de seis em Veracruz.

Os danos da tempestade 'Earl' fazem-se sentir, ao mesmo tempo que uma nova tempestade ameaça a costa do Pacífico do país.

A tempestade 'Javier', que se aproxima do México, deverá trazer chuva e vento fortes para o sudoeste do país nos próximos dias, segundo centros de meteorologia dos Estados Unidos.

O Centro Nacional de Furacões, com sede em Miami (Estados Unidos), adianta que a tempestade 'Javier' está a cerca de 80 quilómetros sudoeste de Manzanillo, no México.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.