Iraque

Tarek Aziz condenado a 10 anos de prisão


 

Lusa/AO online   Internacional   29 de Nov de 2010, 17:37

O antigo vice-primeiro-ministro iraquiano Tarek Aziz foi condenado esta segunda-feira a 10 anos de prisão pelo envolvimento na morte de membros da comunidade curda Faili durante o regime de Saddam Hussein.
Uma das principais figuras do regime do antigo Presidente iraquiano, Tarek Aziz foi condenado à pena de morte em Outubro passado por “crimes contra a humanidade” e pelo seu papel na eliminação dos partidos religiosos naquele país.

“O Alto Tribunal Penal iraquiano condenou Tarek Aziz e Ahmed Hussein Khodeir a dez anos de prisão”, indicou um porta-voz do tribunal, Mohamed Abdel Sahab, em declarações à agência noticiosa francesa AFP.

Ahmed Hussein Khodeir era um antigo conselheiro de Saddam Hussein.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.