Suspeito de múltiplos crime de pornografia nos Açores fica em prisão preventiva

Regional /
Tribunal da Ribeira Grande

11340 visualizações   

O Tribunal da Ribeira Grande, decretou hoje prisão preventiva a um homem detido pela Polícia Judiciária pela alegada prática de múltiplos crimes de pornografia de menores, envolvendo várias vítimas do sexo feminino.
 

 

O coordenador da PJ nos Açores, João Oliveira, adiantou à agência Lusa que a decisão de prisão preventiva do detido foi tomada hoje pelo Tribunal da Ribeira Grande, apesar de este residir em Vila Franca do Campo, na ilha de São Miguel.

O detido, de 25 anos e trabalhador comercial, contactava as vítimas, com idades entre os 13 e os 16 anos, através da rede social Facebook, aliciando-as com promessas de dinheiro se lhe enviassem “imagens desnudadas de partes íntimas do corpo”, informou hoje de manhã a Polícia Judiciária em comunicado.

“Depois de as receber, sob ameaça de as divulgar à família e aos amigos, passava a exigir mais envios desse tipo de imagens, mas de teor mais sexualizado”, refere a PJ, acrescentando que a investigação estava a decorrer “há cerca de um ano”.

De acordo com a polícia, foram apreendidas na residência do detido, no concelho de Vila Franca do Campo, “grande quantidade de ficheiros informáticos, contendo fotografias e vídeos de natureza sexual envolvendo menores”.

“Além das menores já identificadas, existem outras que a investigação vai procurar identificar, prosseguindo no intuito de apurar e esclarecer a real extensão da atividade delituosa do suspeito”, informa a PJ, alertando para “os perigos subjacentes ao uso descuidado das redes sociais, através do estabelecimento de contactos com pessoas desconhecidas e partilha de imagens e informações pessoais”.