Suíço detido na Líbia já se encontra em Zurique


 

Lusa / AO online   Internacional   14 de Jun de 2010, 12:04

O suíço Max Göldi, detido desde Julho de 2008 na Líbia, chegou esta segunda-feira à noite ao aeroporto de Zurique acompanhado pela chefe da diplomacia suíça, Micheline Calmy-Rey, noticiou a AFP.

O avião aterrou cerca da 01:20 locais e Goldi, que saudou os jornalistas, foi recebido pela família escusando-se a fazer qualquer declaração aos representantes da comunicação social.

 

Göldi, libertado na quinta-feira, deixou Tripoli no domingo à noite num avião de careira e fez escala em Tunes, onde encontrou a ministra Calmy-Rey, segundo um comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros suíço.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.