Guantánamo

Suíça vai acolher dois uigures detidos em Guantánamo

Suíça vai acolher dois uigures detidos em Guantánamo

 

Lusa / AO online   Internacional   3 de Fev de 2010, 17:32

A Suíça decidiu acolher "a título humanitário" dois uigures chineses detidos em Guantánamo, anunciou esta quarta-feira o governo, frisando querer manter as "relações boas e estáveis" que tem com a China.
A decisão foi anunciada em conferência de imprensa pela ministra da Justiça suíça, Eveline Widmer-Schlumpf, um dia depois de o cantão de Jura (noroeste) ter confirmado a intenção de receber dois irmãos uigures chineses detidos em Guantánamo.

A China tinha advertido a Suíça de que o acolhimento dos dois uigures pode prejudicar as relações entre os dois países, uma vez que defende que "os presumíveis terroristas de nacionalidade chinesa, seja qual for a sua etnia, devem ser repatriados".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.