Subsidio de mobilidade nas viagens para Porto Santo pagos a partir de hoje


 

Lusa/AO Online   Economia   15 de Fev de 2016, 06:29

O Governo Regional da Madeira informou hoje que os reembolsos relativos ao novo subsídio de mobilidade para os residentes na ilha da Madeira que se desloquem ao Porto Santo começam a ser pagos hoje.

“Este subsídio foi especificamente criado para promover a maior competitividade do Porto Santo ao longo do ano, esbatendo a sua sazonalidade”, diz o comunicado divulgado pela Secretaria Regional da Economia, Turismo e Cultura (SRETC) madeirense.

No mesmo documento, este departamento do executivo insular acrescenta que o novo subsídio, que será pago fora dos meses de verão, altura em que a população do Porto Santo na ordem dos 5.000 habitantes quase quintuplica, também foi pensado para ajudar a “dinamizar a sua economia e criar condições que propiciem não só a manutenção da atividade comercial existente, como o lançamento de novos projetos empresariais, capazes de gerar emprego e combater a desertificação daquela ilha, fora dos picos habituais em que é procurada”, nos meses de verão.

Destacando que este é um “sistema completamente inovador”, o governo regional refere que os documentos destinados à obtenção do reembolso devem ser entregues nas lojas de repartição de Finanças existentes em toda a região que, “diariamente, remeterão os processos recebidos à Direção Regional da Economia e Transportes, entidade responsável pela validação dos mesmos”.

Quanto aos pagamentos, adianta a informação, serão efetuados por transferência bancária, à semelhança do que acontece com os reembolsos de despesas com saúde, tendo um prazo estimado de uma semana.

No caso dos residentes no Porto Santo, a redução no preço do bilhete, ao abrigo do protocolo celebrado com a empresa Porto Santo Line, que explora a ligação marítima entre as duas ilhas do arquipélago, é automático no ato da compra, não havendo lugar ao reembolso ‘a posteriori’.

Este subsídio permite um desconto na ordem dos 25 euros nas viagens para os adultos, 12,50 euros por criança e quatro euros por cada bebé.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.