Liga

Sporting vence na Madeira

Sporting vence na Madeira

 

Lusa/AO   Futebol   16 de Dez de 2007, 20:17

Dois golos de Vukcevic deram ao Sporting a vitória no jogo que encerrou a 13ª jornada da Liga Portuguesa de Futebol
O Sporting, numa reviravolta que poucos esperavam e com a participação especial de Vucevic, venceu o Marítimo, por 2-1, em jogo da 13ª jornada da Liga portuguesa de futebol, realizado no Estádio dos Barreiros, no Funchal.
Após o golo do Marítimo, por Bruno Fogaça, aos 60 minutos, Vucevic deu a volta ao jogo, apontando os dois golos da sua equipa, aos 72 e 87 minutos, resultado algo injusto para os madeirenses.
Com este resultado, o Sporting alcança o terceiro lugar, com 23 pontos, a dois do Benfica, enquanto que o Marítimo fica no oitavo posto, com 17 pontos.
Ambas as equipas entraram em campo com ausências importantes, casos do "trinco" brasileiro Olberdam e dos avançados Makukula e Djalma, no Marítimo e do guarda-redes Stojkovic e do médio Izhaimov, no Sporting.
Tanto o Marítimo como o Sporting vinham de resultados menos positivos, com os "leões" da Madeira a apresentarem duas derrotas consecutivas, com a Naval, por 1-0 e em Braga, por 2-1 e os de Alvalade a tentarem recuperar dos dois empates nas duas últimas jornadas, frente ao Leixões e à União de Leiria, ambos a uma bola. 
O Sporting entrou melhor na partida, mais rápido e pressionante sobre a bola e, logo aos quatro minutos, numa jogada confusa na área madeirense, Liedson, que esteve em dúvida antes do jogo, a atirar por cima da barra.
Após os primeiros dez minutos, a equipa da casa reagiu e, Fábio Felício, aos 12, atirou forte fora da área, com Rui Patrício a sacudir com o corpo para canto.
O mesmo Fábio Felício, aos 17 minutos, surgiu isolado na pequena área, pela esquerda, rematou em jeito por cima de Rui Patrício, valendo a intervenção pronta de Polga, a tirar a bola em cima da linha de golo.
O intervalo chegou sem antes os pupilos de Paulo Bento ameaçarem novamente o golo, com Purovic, absurdamente isolado ao segundo poste, cabeceou com força e colocado, para grande defesa de Marcos, na sequência de um pontapé livre da direita, cobrado por João Moutinho.
O jogo reatou com um remate perigoso de Fábio Felício, após bom passe de Bruno, mas a que Rui Patrício defendeu para canto, com o Sporting a responder somente aos 55 minutos, quando João Moutinho fez um cruzamento remate na esquerda da área e Purovic chegou ligeiramente atrasado à bola, isto já com Romagnoli em campo, por troca com Adrien Silva.
Três minutos depois, foi Abel, quem numa "bomba" de fora da área pôs à prova as qualidades de Marcos, para, na resposta, aos 60 minutos, o Marítimo chegar ao golo, na sequência de um livre da direita apontado por Fábio Felício, que Bruno Fogaça cabeceou de forma indefensável ao saltar mais alto do que toda a defesa leonina.
 Aos 68 minutos, Sebastião Lazaroni foi obrigado a fazer uma substituição forçada, quando Antoine van der Linden saiu lesionado, entrando para o seu lugar o madeirense Fernando.
Num lance inesperado, aos 72 minutos, João Moutinho, da direita, cruzou para a área, onde surgiu Vucevic a cabecear para a baliza e com esta a sofrer ainda num desvio de um defesa madeirense e a entrar na baliza de um impotente Marcos.
Aos 87 minutos, Vucevic arrancou pelo centro do terreno e à entrada da área atirou forte e colocado, sem hipóteses para Marcos.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.