Sonae admite "impacto negativo" de abertura aos domingos

Sonae admite "impacto negativo" de abertura aos domingos

 

Lusa/AO Online   Economia   27 de Ago de 2010, 12:04

O administrador da Sonae SGPS Luís Reis afirmou hoje que a abertura das grandes superfícies aos domingos e feriados todo o dia terá um impacto positivo nas receitas do grupo, mas prejudicará algumas das suas marcas.

“Para a Sonae não é tudo ganho. É claro que vamos ter um impacto positivo, mas vamos também ter um impacto negativo em alguns dos nossos supermercados Modelo e em todas as nossa unidades de retalho especializado”, disse durante uma ‘conference call’ com analistas para divulgar os resultados do 2.º trimestre da Sonae SGPS.

Segundo explicou o ‘chief corporate centre officer’ da Sonae, o grupo será “o 7.º operador a beneficiar desta medida em termos proporcionais”.

“Os seis operadores que mais beneficiarão, em termos relativos, com esta medida são o El Corte Inglês, o Auchan, a Media Markt, a Decathlon, a Leroy Merlin e a Ikea”, disse, salientando que “todos são concorrentes” da Sonae e “vão beneficiar mais em termos proporcionais”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.