Afeganistão

Soldado da NATO morto por uma bomba artesanal no Afeganistão


 

Lusa / AO online   Internacional   31 de Mar de 2010, 11:43

Um soldado da NATO foi morto terça-feira por uma bomba artesanal, o que eleva a 138 o número de militares estrangeiros mortos no Afeganistão desde o início do ano, o balanço mais elevado em tão pouco tempo nos oito anos de guerra, anunciou a NATO.
A explosão ocorreu no Sul, explicou a força da NATO (Isaf) num comunicado, sem revelar a identidade ou a nacionalidade da vítima.

As bombas artesanais são de longe a causa mais frequente de morte entre os 128.000 soldados das forças internacionais no Afeganistão, dois terços dos quais são norte-americanos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.