Conjuntura

Sócrates desvaloriza revisão em 0,1 por cento do défice para 2009


 

Lusa / AO online   Economia   29 de Mar de 2010, 18:27

O primeiro-ministro desvalorizou esta segunda-feira a revisão para 9,4 por cento do défice em 2009 feita pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), alegando que resulta da revisão em baixa já antes introduzida em relação ao crescimento económico.
José Sócrates falava aos jornalistas após a sessão de apresentação da “h.global” - um projecto de associação de oito empresas nacionais para a conquista de mercados externos nos mercados internacionais.

Interrogado sobre o facto de o INE ter revisto a sua estimativa para o défice orçamental para 9,4 por cento em 2009, na primeira notificação do ano no âmbito do procedimento dos défices excessivos para o Eurostat, o primeiro-ministro desvalorizou.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.