SCUT

Sócrates apela para partidos não inviabilizarem portagens


 

Lusa / AO online   Economia   25 de Jun de 2010, 12:06

O primeiro-ministro, José Sócrates, apelou esta sexta-feira para que os partidos que defendem a introdução de portagens nas SCUT não as inviabilizem a pretexto “dos chips” de matrícula, após questionado pelo secretário-geral do PCP.
“O Governo deseja que o debate sobre o dispositivo electrónico dos veículos não sirva de desculpa nem de expediente para os partidos que dizem que defendem portagens afinal de contas impeçam as portagens, apenas porque não estão de acordo com o dispositivo”, afirmou José Sócrates durante o debate quinzenal, no Parlamento.

O primeiro-ministro referia-se à aprovação, na quinta-feira, na generalidade, da revogação da obrigatoriedade do dispositivo electrónico de matrícula (chip) como mecanismo de cobrança de portagens.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.