Situação "normal" nos aeroportos portugueses em dia de greve dos vigilantes

Situação "normal" nos aeroportos portugueses em dia de greve dos vigilantes

 

Lusa/AO Online   Nacional   27 de Out de 2016, 07:10

A situação em todos os aeroportos portugueses estava "normal" às 06h30 de hoje, sem voos cancelados, apesar da greve dos trabalhadores das empresas de segurança, adiantou uma fonte da ANA.

 

Em declarações à agência Lusa, o porta-voz das ANA, Rui Oliveira, adiantou que a “situação está normalizada, não se prevendo problemas, pelo menos durante o primeiro turno”, que começou às 06:00 e termina às 14:00.

“Pelo menos até ao segundo turno, não são expectáveis grandes problemas no aeroporto”, adiantou.

A ANA - Aeroportos de Portugal alertou na terça-feira para possíveis constrangimentos causados pela greve dos trabalhadores das empresas de segurança e aconselhou os passageiros a deslocarem-se com maior antecedência para os aeroportos nacionais.

Os Trabalhadores de Serviços de Segurança e Vigilância, que estão em greve às horas extraordinárias e aos feriados desde o dia 22, reivindicam a revisão do contrato coletivo de trabalho, consignando os direitos em vigor e outros específicos para os trabalhadores que prestam serviço nos aeroportos ou nos transportes de valores, entre outros.

O aumento dos salários e a melhoria das condições de trabalho são outras das reivindicações na origem do conflito.

O setor dos vigilantes e seguranças privados emprega cerca de 35.000 pessoas.

Os trabalhadores em greve concentram-se ao início da tarde junto à sede da associação patronal do setor e desfilam em seguida até à Assembleia da República.

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, participa na manifestação.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.