Wikileaks

Site do Governo sueco foi atacado por piratas informáticos

Site do Governo sueco foi atacado por piratas informáticos

 

Lusa/AO online   Internacional   9 de Dez de 2010, 10:20

O site da Internet do Governo sueco foi atacado esta quinta-feira por piratas informáticos, afirma o jornal Aftonbladet, quando se multiplicam ciber-ataques por apoiantes do site Wikileaks e do fundador deste, Julian Assange.
Segundo o jornal sueco Aftonbladet, que não precisa a origem do ataque, o site do Governo sueco esteve inacessível durante algumas horas na última noite.

Segundo a France Presse, o site estava a funcionar normalmente hoje de manhã.

Um porta-voz do Governo, Mari Ternbo, declarou que não podia confirmar que o site do Executivo tinha sido efectivamente alvo de um ciber-ataque, sublinhando que não comentava questões de segurança.

Depois da detenção de Assange terça-feira em Londres, em virtude de um mandado de captura por violação e agressão sexual na Suécia, vários ataques informáticos foram registados visando o site do Ministério Público sueco, o site e os correios electrónicos do advogado das duas suecas que originaram o mandado de captura pela Suécia.

Por outro lado, o grupo de piratas informáticos Anonymos perpetrou quarta-feira um vasto ataque contra os sites da Internet de empresas com relações financeiras com a Wikileaks, nomeadamente para a recolha de donativos.

O site de Sarah Palin, figura dos ultraconservadores norte-americanos, também foi visado.

Palin tinha afirmado que Assange tinha “as mãos sujas de sangue”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.