Sismo e tsunami destroem 200 casas nas ilhas Salomão


 

Lusa / AO online   Internacional   5 de Jan de 2010, 10:14

Deslizamentos de terras e um tsunami provocados por um sismo destruíram cerca de 200 casas de uma das ilhas Salomão, deixando cerca de um terço da população desalojada, anunciaram hoje as autoridades.
Verificações visuais a partir do ar mostram danos significativos numa remota ilha do oeste do arquipélago, depois de um sismo com uma magnitude de 7,2 na escala de Richter ter abalado segunda-feira as ilhas Salomão, no Pacífico, declarou o responsável da protecção civil local Loti Yates.

Não foram registadas vítimas, mas mais de mil pessoas foram afectadas e cerca de 200 casas destruídas em Rendoya, uma ilha a cerca de 300 quilómetros da capital, Honiara. Residem apenas 3.600 pessoas em Rendova.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.