Aviação

Singapore Airlines sem problemas nos motores dos A380


 

Lusa/AO online   Economia   8 de Nov de 2010, 11:13

A companhia aérea Singapore Airlines anunciou esta segunda-feira que não encontrou qualquer problema nos motores Rolls-Royce Trent 900 dos seus aviões Airbus A380, mas a australiana Qantas decidiu manter os seus aparelhos inactivos por mais 72 horas.
"Inspeccionámos os nossos 11 aparelhos A380 e não encontrámos nada de inquietante", informou em comunicado o porta-voz da Singapores Airlines, Nicholas Ionides.

Os motores Trent 900 da britânica Rolls-Royce são os mesmos que equipam o A380 da Qantas que foi obrigado a fazer uma aterragem de emergência na passada quinta-feira, no aeroporto de Changi, em Singapura, devido a uma avaria num dos motores.

A Qantas indicou hoje que vai manter os seus seis A380 parados por mais 72 horas, por terem sido detectadas pequenas anomalias em pelo menos três dos motores fornecidos pela Rolls-Royce.

“Em três motores, encontrámos anomalias ligeiras – o combustível não estava onde era suposto e chegou aos motores”, disse o director geral da Qantas, Alan Joyce, à radiotelevisão australiana ABC.

“Trata-se de três motores novos que não deveriam ter este tipo de problemas nesta fase. Isto dá-nos uma indicação sobre em que zona nos devemos concentrar”, disse ainda Alan Joyce, admitindo que possa existir um problema de materiais ou de concepção dos motores.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.