Base das Lajes

Sindicato move acção judicial contra EUA para "repor legalidade" nos salários

Sindicato move acção judicial contra EUA para "repor legalidade" nos salários

 

Lusa / AO online   Regional   2 de Fev de 2010, 11:37

A CGTP/Intersindical apresentou no Tribunal de Angra do Heroísmo, Açores, uma queixa contra os EUA tendo em vista a "reposição da legalidade" na fixação dos salários dos trabalhadores portugueses da Base das Lajes, revelou esta terça-feira fonte sindical.
Esta acção judicial foi divulgada por Vítor Silva, do Sindicato dos Trabalhadores de Alimentação, Comércio, Escritórios e Serviços dos Açores (SABCES/Açores), salientando que está em causa o alegado incumprimento pelas forças norte-americanas instaladas na Base das Lajes do acordo laboral assinado entre Portugal e os EUA.

Segundo o dirigente sindical, não foi respeitado o dispositivo que determina que o aumento anual do vencimento dos cerca de 840 trabalhadores portugueses ao serviço das forças norte-americanas na Base das Lajes deve ser feito de acordo com os dados apurados num inquérito sobre o crescimento dos vencimentos na ilha Terceira.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.