Sindicato dos Médicos defende reforço de incentivos aos clínicos nos Açores

Sindicato dos Médicos defende reforço de incentivos aos clínicos nos Açores

 

Lusa/AO Online   Regional   5 de Mai de 2016, 13:35

O secretário-geral do Sindicato Independente dos Médicos (SIM), Jorge Roque da Cunha, defendeu hoje a necessidade de serem reforçados os incentivos aos médicos nos Açores.

Jorge Roque da Cunha, que iniciou hoje uma visita de três dias ao arquipélago, defende a necessidade de mais incentivos para a deslocação de especialistas para os Açores, mas também mais incentivos para os profissionais que já desempenham as suas funções na região.

"Apercebemo-nos das dificuldades que existem e da necessidade de se criarem condições para fixar médicos nos Açores", realçou o secretário-geral do SIM, após uma reunião com a administração do centro de saúde da Horta, na ilha do Faial.

No seu entender, a falta de especialidades hospitalares na ilha do Faial, por exemplo, causa problemas que é possível ultrapassar através de um mecanismo de incentivos para fixar médicos nos Açores, mas também para ajudar a manter os que já trabalham no arquipélago.

"Muitas vezes fala-se em criar incentivos para os que possam para cá vir e isso seria interessante, particularmente para os jovens médicos, mas é importante tratar bem os que já cá estão", insistiu Jorge Cunha.

O dirigente sindical, que vai participar no sábado na II Convenção do SIM nos Açores, em Ponta Delgada, ilha de São Miguel, entende ser necessário, ainda, continuar a lutar para que haja mais médicos na região e mais açorianos com médico de família.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.