Sindicato apela à greve nos Açores


 

Rui Leite Melo   Regional   21 de Fev de 2010, 11:21

O Sindicato dos Trabalhadores da Função Pública do Sul e Açores (STFPSA) criticou a intenção do Governo de congelar os salários em 2010, apelando à participação dos trabalhadores açorianos na greve nacional de 4 de Março.
“É uma atitude antidemocrática, que não faz sentido”, afirmou João Decq Mota, da direcção regional do STFPSA, frisando que o executivo liderado por José Sócrates “impõe sacrifícios sempre aos mesmos”. O dirigente sindical, que falava numa conferência de imprensa na Horta, apelou aos trabalhadores açorianos para que adiram à greve nacional convocada pela Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública. Segundo o sindicalista,  o congelamento dos salários não se compreende, numa altura em que o Orçamento de Estado prevê um aumento de 3,6% nas despesas dos gabinetes dos membros do Governo

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.