Sidney já entrou em 2016 mas novo ano chegou primeiro às ilhas Kiribati e Samoa

Sidney já entrou em 2016 mas novo ano chegou primeiro às ilhas Kiribati e Samoa

 

LUSA/AO online   Internacional   31 de Dez de 2015, 12:54

Os habitantes de Sidney, na Austrália, entraram pelas 13:00 no ano de 2016, com um grandioso espetáculo de fogo-de-artifício, depois de as ilhas de Kiribati e Samoa ter sido as primeiras a passar de ano

Quinze minutos depois de Kiribati e Samoa, foi a vez das 600 pessoas que habitam o arquipélago neozelandês de Chatham, a 680 quilómetros a sueste das principais ilhas da Nova Zelândia, se despedirem de 2015.

Pelas 11:00 de Lisboa chegou o ano de 2016 para os restantes habitantes da Nova Zelândia, Fiji e Tonga.

As autoridades da Nova Zelândia enfeitaram os edifícios mais emblemáticos do país para a ocasião e alguns, como o Sky Tower, em Aickland, uma torre com 328 metros de altura, proporcionou quatro horas de entretenimento, incluindo espetáculos de laser e fogo-de-artifício.

Já na Austrália, na histórica baía de Sidney, a entrada do novo ano foi marcada por uma cascata de fogo-de-artifício e um espetáculo de laser desenhado para a ocasião.

As autoridades locais esperavam que mais de um milhão de pessoas assistissem ao espetáculo, que começou várias horas antes da meia-noite.

Depois segue-se o resto do território australiano e o sudeste asiático nas despedidas a 2015.

As Filipinas recebem 2016 pelas 14:00 TMG (mesma hora em Lisboa), com o tradicional espetáculo de petardos e fogos-de-artifício para espantar os maus espíritos.

Outra das tradições é ter na mesa uma fruteira com 12 frutas diferentes, todas redondas, como símbolo de prosperidade durante os próximo 12 meses.

Uma hora depois será a vez da Indonésia, Cambodja, Tailândia e Vietname entrarem em 2016.

Na capital vietnamita organizou-se, entre outras, uma celebração especial na praça Cach Mang Thang, frente ao edifício da ópera de Hanoi.

Apesar de os cambodjanos, tailandeses e vietnamitas celebrarem o seu ano novo em datas distintas, também comemoram a passagem de ano do calendário gregoriano.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.