Shimon Peres pede à Alemanha que "puna devidamente" criminosos neonazis


 

Lusa / AO online   Internacional   27 de Jan de 2010, 14:26

O presidente de Israel, Shimon Peres, pediu esta quarta-feira no Bundestag (Parlamento Alemão) que “puna devidamente os criminosos” que continuam a defender o Holocausto, lembrando que há cada vez menos sobreviventes do genocídio dos judeus pelo regime nazi.
“Peço-lhes que façam o possível para punir devidamente esses criminosos”, disse Peres, 86 anos, em discurso na cerimónia no Bundestag para assinalar o 65.º Aniversário da libertação do campo de concentração nazi de Auschwitz-Birkenau.

Neste campo da morte, situado na Polónia ocupada, as SS, corpo de elite do exército nazi, matou mais de um milhão de judeus deportados de vários pontos da Europa durante a II Guerra Mundial.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.