Seleção dos candidatos presidenciais arranca hoje no Iowa

 Seleção dos candidatos presidenciais arranca hoje no Iowa

 

Lusa/AO Online   Internacional   1 de Fev de 2016, 06:26

O processo eleitoral que vai determinar, ao longo dos próximos meses, os candidatos à Presidência dos Estados Unidos arranca hoje no pequeno estado rural do Iowa, na região centro-oeste do território norte-americano.

Após vários meses de pré-campanha, dezenas de sondagens e milhões de dólares de despesas, os vários aspirantes à candidatura presidencial pelos partidos Republicano e Democrata são hoje confrontados, pela primeira vez, com o voto dos eleitores.

À nomeação republicana concorrem 12 candidatos, onde se destacam o multimilionário Donald Trump e o senador do Texas Ted Cruz.

Os principais concorrentes à nomeação pelo Partido Democrata são a ex-secretária de Estado norte-americana e ex-primeira-dama Hillary Clinton e o senador independente do Vermont Bernie Sanders.

No Iowa, a seleção é organizada sob forma de 'caucus', uma especificidade da democracia direta norte-americana que corresponde ao nível mais básico da política partidária, as "bases" de um partido.

Os 'caucus' traduzem-se em assembleias locais, que nas áreas rurais podem juntar algumas dezenas de pessoas e, nas urbanas, várias centenas.

Qualquer cidadão norte-americano que resida no estado - nem todos os Estados federais norte-americanos realizam 'caucus', optando a maioria por eleições primárias - e tenha idade para votar (maiores de 18) pode participar numa assembleia, uma vez que ambos os partidos (Republicano e Democrata) têm regras flexíveis e admitem participantes que só se inscrevam no partido nessa mesma noite.

Uma vitória clara no Iowa é um bom indicador mas não é determinante, uma vez que o Estado não representa mais que 1% dos delegados que votam nas convenções partidárias e que nomeiam o candidato que irá apresentar-se às Presidenciais.

O Estado do Iowa lança a temporada das primárias presidenciais desde 1972. Os restantes 49 estados federais norte-americanos e cinco territórios votam nos meses seguintes, até junho.

Os partidos decidem a ordem das respetivas primárias.

O Estado de New Hampshire será a seguinte paragem deste extenso calendário eleitoral, com a realização a 09 de fevereiro de primárias democratas e republicanas.

Após uma verdadeira maratona eleitoral, a eleição do próximo Presidente dos Estados Unidos, o 45.º da história norte-americana e o sucessor de Barack Obama, está agendada para 08 de novembro deste ano.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.