Satélite Plêiades foi lançado a partir da Guiana Francesa

Satélite Plêiades foi lançado a partir da Guiana Francesa

 

Lusa / AO online   Internacional   2 de Dez de 2012, 16:41

O satélite europeu para observação da terra, Plêiades 1B, já foi lançado, na noite de sábado, depois de um adiamento de 24 horas devido a uma anomalia, anunciou hoje a Arianespace.

 

A entidade explicou que o voo de lançamento a partir da Guiana Francesa prolongou-se por 55 minutos.

O satélite vai disponibilizar imagens óticas da terra para os ministérios da Defesa europeus.

A agência espacial francesa CNES é o principal fornecedor dos satélites Plêiades.

A Arianespace disse que esta é a quarta missão de um foguetão Soyuz, de fabrico russo, a partir da Guiana Francesa, desde a sua introdução nos planos espaciais na América do Sul, em outubro de 2011.

O satélite Plêiades 1B deverá juntar-se ao Plêiades 1A, em órbita há cerca de um ano. Os dois satélites ficarão posicionados a 180 graus sobre a mesma órbita.

"As zonas de conflito, de crise ou de catástrofe natural serão visíveis a todas as horas", permitindo planificar as operações de evacuação ou de socorro, acrescentou a empresa.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.