Aviação

SATA lucra 70 cêntimos por passageiro

SATA lucra 70 cêntimos por passageiro

 

Paulo Faustino   Regional   1 de Ago de 2010, 13:43

O presidente da SATA, António Gomes de Menezes, vaticina quebra nos resultados financeiros do grupo em 2010 devido, em larga medida, ao impacto do fecho do espaço aéreo causado pelas cinzas vulcânicas

Relativamente às contas de 2009, diz em entrevista ao Açoriano Oriental que "um milhão de euros de resultados para proveitos na ordem dos 250 milhões de euros representa apenas 0,4% dos proveitos, resultando numa margem liquida muito reduzida". Por outro lado, acrescenta que "um milhão de euros de resultados para mais de um milhão e quatrocentos mil passageiros transportados representa um lucro de apenas setenta cêntimos por passageiro".

Considera que "em rigor, estamos a falar de um resultado líquido próximo do zero, o que, no actual contexto, é de louvar, por 2009 ter sido um dos anos mais difíceis de sempre para a aviação civil".

 

Leia esta entrevista na ínegra na edição impressa do Açoriano Oriental deste Domingo, dia 1 de Agosto de 2010


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.