Sapadores de Lisboa iniciam greve de dez dias


 

Lusa/AO online   Nacional   28 de Dez de 2011, 15:05

Os bombeiros Sapadores de Lisboa iniciam uma greve de dez dias contra alterações aos horários de trabalho e apenas responderão a serviços mínimos que envolvam o salvamento de pessoas, como fogos ou desencarceramentos.
Os bombeiros protestam contra a criação de um quinto turno de serviço, além dos quatro que actualmente existem, pela Câmara Municipal de Lisboa.

A greve tem início às 20:00 de hoje e decorre até às 24:00 de 8 de Janeiro. António Pascoal, do Sindicato dos Trabalhadores do Município de Lisboa (STML), realçou que “o aumento de um turno de serviço sem a entrada de novos elementos vai trazer uma redução de 25% nos turnos existentes, o que pode por em causa a segurança dos bombeiros e da população.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.