Santuário prevê que 35 mil peregrinos se desloquem a pé ao santuário até dia 13

Santuário prevê que 35 mil peregrinos se desloquem a pé ao santuário até dia 13

 

Lusa/AO Online   Nacional   8 de Mai de 2015, 08:28

O Santuário de Fátima prevê que até dia 13 se desloquem a pé cerca de 35 mil pessoas para participarem na peregrinação internacional aniversária de maio ao templo mariano, este ano presidida pelo cardeal arcebispo de Aparecida, Brasil.

 

“Estamos a calcular, por aquilo que temos verificado nestes últimos dias, que o número de peregrinos não diminui dos anos anteriores. Nos anos anteriores temos tido uma média de 35 mil peregrinos, por aquilo que temos observado não vão diminuir este ano”, disse à agência Lusa o padre Manuel Antunes, do Movimento da Mensagem de Fátima, entidade que coordena a assistência aos peregrinos a pé a nível nacional.

Ao longo de vários percursos pelo país, centenas de voluntários distribuídos por dezenas de postos de assistência prestam apoio aos peregrinos.

A GNR tem também, desde segunda-feira, uma operação para garantir a segurança das pessoas que se deslocam a pé para Fátima, no distrito de Santarém, que inclui ações de sensibilização e o reforço de militares nas principais vias.

A abertura da peregrinação está marcada para as 18:30 de terça-feira, na Capelinha das Aparições, seguindo-se a entronização da imagem da Virgem Aparecida.

As celebrações, com o tema “A Mãe de Jesus estava com eles”, prosseguem às 21:30, com a recitação do terço, procissão das velas e missa, culminando na quarta-feira, dia 13, com missa, bênção dos doentes e a procissão do adeus.

Dados da tarde de quinta-feira indicam que se inscreveram para a peregrinação 117 grupos de fiéis oriundos de mais de duas dezenas de países, sendo os mais representados Portugal, Itália e Brasil. Deste último, marca presença uma delegação de Aparecida, com mais de 400 pessoas.

Os santuários de Fátima e da Aparecida, no Brasil, assinalam em 2017, respetivamente, o centenário das aparições e o tricentenário da descoberta da imagem de Nossa Senhora da Conceição em Aparecida, tendo as comemorações conjuntas iniciado há um ano.

Em entrevista à sala de imprensa do templo português, o arcebispo de Aparecida, Raymundo Damasceno Assis, afirmou que ter uma réplica da imagem “oficialmente entronizada no Santuário de Nossa Senhora de Fátima é uma graça inesperada”.

“E auguramos que essa sua entronização em Fátima redunde em aparecimento, em ‘irrompimento’ no coração e na vida de tantos outros irmãos e irmãs nossos”, declarou Raymundo Damasceno Assis, considerando que, “na multiplicidade da procedência de seus peregrinos, Fátima tem as dimensões do mundo”.

Na entrevista, o cardeal arcebispo expressou ainda o desejo de que “nestas duas imagens distintas, representativas de duas nações, que Portugal e Brasil sintam-se irmanados” e que Fátima e Aparecida reforcem e propaguem “aos quatro ventos a dimensão universal de sua mensagem e proposta”.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.