Santander Totta só é dono de 20% do património imobiliário do Banif

Santander Totta só é dono de 20% do património imobiliário do Banif

 

Lusa/AO online   Economia   26 de Abr de 2016, 12:02

O Santander Totta ao comprar o Banif no âmbito da sua resolução ficou a deter 20% do fundo que controla os imóveis onde se situam os balcões do Banif, entre os quais o edifício-sede em Lisboa, segundo o BdP.

"Os imóveis eram detidos pelo fundo de investimento especial Banif Property, gerido pela Banif Gestão de Ativos", contando com 102 milhões de euros de ativos, a maior parte dos quais imóveis arrendados a entidades do antigo Banif, explicou hoje José Ramalho, vice-governador do Banco de Portugal (BdP).

Ora, o Banif em base individual, isto é, o banco comercial que foi adquirido pelo Santander Totta, detinha apenas 20% deste fundo, estando outros 49% nas mãos de outras entidades do grupo que passaram para a Oitante, o veículo estatal criado para gerir os ativos que o banco liderado por Vieira Monteiro não quis.

A restante percentagem do fundo estava dispersa por um conjunto de investidores não especificados, informou José Ramalho durante a sua audição na comissão parlamentar de inquérito ao Banif.

Com a resolução, manteve-se a divisão, o que significa que "neste momento, o Santander detém 20% deste fundo que tem lá dentro uma série de imóveis, incluindo a sede" do antigo Banif, localizada na Avenida José Malhoa, em Lisboa, especificou José Ramalho, que preside o Fundo de Resolução.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.