Samsung vai colocar à venda modelos reparados do Galaxy Note 7

Samsung vai colocar à venda modelos reparados do Galaxy Note 7

 

Lusa/AO Online   Economia   28 de Mar de 2017, 09:25

A Samsung Electronics anunciou hoje que vai vender e alugar telemóveis reparados do modelo Galaxy Note 7 depois de no ano passado a empresa ter decidido suspender a respetiva produção devido a incêndios nas baterrias de íon-lítio.

Em comunicado, a empresa sul-coreana explicou que não decidiu ainda em que países e quando vai colocar à venda esses exemplares, o que deverá depender “de consultas com as autoridades reguladoras e as operadoras e da procura local”.

No total, a Samsung tem previsto vender ou alugar cerca de três milhões de telemóveis Galaxy Note 7, segundo cálculos da agência sul-coreana Yonhap.

Além da reutilização dos aparelhos, outra das estratégias da empresa é reciclar os componentes.

A Samsung colocou à venda o ‘smartphone’ Galaxy Note 7, a 19 de agosto de 2016, mas poucos dias depois começou a receber queixas sobre incêndios durante o processo de carregamento da bateria destes modelos.

A empresa acabou por retirar do mercado mais de dois milhões de telemóveis deste modelo, que continuou a registar incêndios, levando ao fim da produção em outubro.

A investigação da Samsung sobre os perigos do Galaxy Note 7 concluiu que as baterias foram as responsáveis pela avaria que custou à empresa mais de 5.000 milhões de euros.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.