SAMS teve 'lucro' de 2 milhões depois de prejuízo de 15 milhões em 2008


 

Lusa / AO online   Economia   30 de Mar de 2010, 11:30

Os serviços médicos dos bancários tiveram um prejuízo de quase 15 milhões de euros em 2008, mas o presidente do Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas estima que, em 2009, o resultado tenha sido positivo em cerca de 2 milhões de euros.
Em entrevista à Agência Lusa, Delmiro Carreira explica que grande parte do resultado negativo de 2008 se deveu a provisões que foram feitas nesse ano para acomodar eventuais derrotas em processos judiciais relacionados com questões fiscais.

"Os Serviços de Assistência Médico-Social (SAMS) estão a aguardar os resultados dos processos relacionados com a cobrança de IVA e como existe a possibilidade de os perderem, tiveram de dar provisão às verbas que eventualmente terão de pagar e que rondam os 10 milhões de euros", afirmou o sindicalista.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.