Sampaio da Nóvoa recorda "combatente pela liberdade por todos acarinhado"

Sampaio da Nóvoa recorda "combatente pela liberdade por todos acarinhado"

 

Lusa/AO Online   Nacional   19 de Jan de 2016, 05:20

O candidato presidencial Sampaio da Nóvoa recordou Almeida Santos como um "combatente pela liberdade e por todos acarinhado" enquanto presidente da Assembleia da República.

 

“Acabei de tomar conhecimento do falecimento, esta noite, de António Almeida Santos, personalidade marcante do Portugal contemporâneo, fundador da nossa Democracia, combatente pela liberdade e por todos acarinhado como Presidente da Assembleia da República exemplar na sua forma de construir consensos e prestigiar o debate democrático”, escreveu o candidato na sua conta de Facebook, esta madrugada.

Sampaio da Nóvoa destaca a morte do presidente honorário do Partido Socialista como um “momento triste” para o país, deixando uma homenagem a “uma das mais emblemáticas figuras da nossa história democrática, uma referência da oposição à ditadura, advogado e jurista de excelência, presidente histórico do Partido Socialista, que nunca faltou à chamada na governação e no serviço público”.

António Almeida Santos morreu na segunda-feira com 89 anos, segundo disse à agência Lusa fonte da família.

O corpo do fundador do PS deverá estar em câmara ardente na Basílica da Estrela, em Lisboa, mas não haverá cerimónia religiosa, a pedido do próprio, adiantou a mesma fonte.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.