Sam Smith e Beck são os grandes vencedores da 57.ª edição dos prémios Grammy

Sam Smith e Beck são os grandes vencedores da 57.ª edição dos prémios Grammy

 

Lusa/AO Online   Cultura e Social   9 de Fev de 2015, 06:31

Sam Smith e Beck foram os grandes vencedores da 57.ª edição dos prémios Grammy, celebrada em Los Angeles, arrecadando juntos seis dos principais galardões.

O disco de Beck "Morning Phase" venceu na categoria de Álbum do Ano e de Melhor Álbum de Rock. Sam Smith derrubou a banda HAIM e conquistou o prémio de Artista Revelação do Ano, além de conseguir também galardões com a sua música "Stay With Me" (Canção do Ano e Gravação do Ano).

Smith foi também vencedor na categoria de Melhor Álbum Pop com o disco "In the Lonely Hour".

"Quero agradecer à pessoa por quem me apaixonei. Obrigada por me partires o coração no ano passado, porque me fizeste ganhar quatro Grammy", disse Smith no seu discurso de agradecimento pelo prémio de Gravação do Ano.

Já Beck deixou agradecimentos aos seus filhos por "se manterem acordados mais tempo que o habitual", já que o disco foi produzido maioritariamente em casa do artista californiano.

O quarto álbum de St. Vincent, com o mesmo nome, ganhou o prémio de Melhor Álbum Alternativo, deixando para trás Jack White, Arcade Fire e Alt-J.

Kendrick Lamar conquistou os galardões de Melhor Canção Rap e Melhor Performance Rap com a música "i", ficando à frente de artistas como Kanye West, Drake e Childish Gambino. O disco "The Marshall Mathers LP2" de Eminem venceu o Melhor Álbum de Rap.

A popular canção de Pharrell Williams, "Happy", conquistou o prémio de Melhor Performance Vocal Pop e de Melhor Videoclip. Pharrell venceu também na categoria de Melhor Álbum Contemporâneo Urbano com "G I R L".

Beyoncé conseguiu três prémios: Melhor Performance R&B, Melhor Canção R&B (Drunk in Love) e Melhor Som ?Surround' num Álbum.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.