Ruy de Carvalho vai ser homenageado no Teatro Sá da Bandeira no Porto


 

Lusa/AO Online   Nacional   4 de Set de 2015, 08:42

O ator Ruy de Carvalho vai ser homenageado no próximo dia 12, pelo Teatro Sá da Bandeira, no Porto, onde subirá ao palco com "Trovas e canções", um espetáculo que reúne três gerações de atores.

 

A homenagem é uma surpresa para Ruy de Carvalho, que representou pela primeira vez naquele teatro do Porto há mais de 60 anos, com a peça “Está lá fora um inspetor”, na qual contracenou com João Villaret, Josefina Silva, Maria Lalande, Igrejas Caeiro e Assis Pacheco, disse à Lusa fonte próxima do ator.

A realizar antes da representação da peça, a homenagem incluirá ainda o descerrar de uma placa comemorativa no interior daquela sala de espetáculos do Porto, disse à Lusa o diretor do Teatro, Dino Gomes.

"Aproveitando assim o regresso do ator a este palco, contamos com a presença de algumas personalidades que se querem associar a esta homenagem do teatro e da cidade do Porto, para a qual convidámos o presidente da Câmara e o vereador da cultura e cuja presença estamos a aguardar confirmação", acrescentou Dino Gomes.

O espetáculo subirá a palco um dia depois, na mesma sala, onde Ruy de Carvalho contracenou várias vezes com Laura Alves.

“Trovas e canções, atores, poetas, cantores” é um espetáculo inédito da filha do ator, Paula Carvalho, e do seu marido, Paulo Mira Coelho, que reúne também o filho e o neto do ator, João e Henrique de Carvalho, respetivamente.

Estreada em 2014, no Dia Mundial da Poesia (21 de março), em Leiria, “Trovas e Canções” gira em torno da figura de Ruy de Carvalho, tem andado em digressão por várias salas portuguesas e tem já agendados espetáculos para o dia 11, no Teatro São Pedro, em Abrantes, e dia 26, no Cine Teatro Caracas, em Oliveira de Azeméis.

Em outubro, o espetáculo será apresentado no Cine Teatro São João, em Palmela (dia 02), e, um dia depois, no Centro de Artes do Espetáculo de Portalegre.

A digressão vai continuar em novembro, com representações agendadas para os dias 07, no Teatro Bernardim Ribeiro, em Estremoz, e, no dia 27, na Casa da Criatividade de São João da Madeira.

Em dezembro – nos dias 01, 08 e 15 – “Trovas e canções” subirá ao palco do Auditório do Casino do Estoril, segundo o programa da digressão.

“Trovas e canções, atores, poetas, cantores” é uma viagem através do teatro, que conta também com a voz da fadista Ana Marta, prémio Amália Rodrigues Revelação 2011, acompanhada por Ricardo Gama, em guitarra portuguesa, e João Oliveira, em viola de fado.

O espetáculo é também "uma viagem" à poesia de Pedro Homem de Mello, Florbela Espanca, José Afonso, Adriano Correia de Oliveira, Moniz Pereira, Ary dos Santos, Manuel Alegre, José Luís Tinoco e José Luís Gordo, entre outros, que se "imortalizaram" em canções portuguesas.

A peça, de marcada componente musical, contempla igualmente uma homenagem a Gil Vicente, considerado fundador do teatro português, assim como a Camões e Bocage, segundo uma nota da produção.

“Estamos a propor uma viagem entre a récita e o concerto, numa amostragem que se pretende rica e saborosa, pelo facto de ser facilmente reconhecida por todos nós”, lê-se na sinopse do espetáculo.

"'Trovas e canções, atores, poetas, cantores' ultrapassará, seguramente, a melancolia das memórias gastas, ao obedecer a uma escolha criteriosa dos temas que ecoarão no palco, abrindo sempre a hipótese de um contacto mais próximo e, por isso, mais eficaz, entre a experiência de um grande ator, e o prazer com que se vão ouvir coros da plateia a acompanhar os artistas”, durante mais de hora e meia que dura o espetáculo, garante o texto de apresentação do espetáculo.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.