Rússia reforça infraestrutura militar no Ártico


 

Lusa/AO online   Internacional   3 de Nov de 2017, 15:19

A Rússia reforçou a sua infraestrutura militar no Ártico e vai desenvolver no local novos sistemas de defesa aérea, anunciou hoje o comandante da Frota do Norte.


"Todas as ilhas do Ártico onde se localizam bases da Frota do Norte foram equipadas com novos aeródromos que podem operar em todas as estações e com capacidade de acomodar qualquer tipo de aeronave", disse o vice-almirante Nikolai Evmenov, citado pela agência noticiosa Interfax.

O vice-almirante acrescentou que está a ser colocado "um sistema de vigilância do céu e do mar" na região da Passagem do Nordeste, de forma a garantir o "controlo total do espaço aéreo" pertencente à Rússia no Ártico.

Os sistemas de defesa aérea serão igualmente reforçados na região depois de uma primeira instalação, em 2015, no arquipélago de Nova Zembla.

A Rússia tem fortalecido consideravelmente a sua presença militar no Ártico nos últimos anos, tendo realizado exercícios militares de larga escala e construído bases capazes de funcionar de forma autónoma.

O Ministério da Defesa russo anunciou, no início de novembro, ter descoberto 11 novas ilhas e seis estreitos no Ártico nos últimos cinco anos, o que reforçou as ambições territoriais da Rússia na região.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.