Rússia acusa Presidente turco de lucrar com tráfico de petróleo do Estado Islâmico

Rússia acusa Presidente turco de lucrar com tráfico de petróleo do Estado Islâmico

 

Lusa/AO online   Internacional   2 de Dez de 2015, 11:31

O vice-ministro da Defesa russo acusou a Turquia, e em concreto o chefe de Estado, Recep Tayyip Erdogan e seus familiares, de beneficiarem do tráfico de petróleo roubado pelos extremistas do Estado Islâmico na Síria e no Iraque.

"De acordo com as nossas informações, neste negócio criminoso estão envolvidos altos líderes turcos, o presidente Erdogan e a sua família", disse em conferência de imprensa o vice-ministro da Defesa da Rússia, Anatoli Antonov.

As relações entre a Rússia e a Turquia degradaram-se depois do abate do avião de combate russo por caças-bombardeiros turcos, no passado dia 24 de novembro.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.