Rússia abandona tratado com EUA para reconversão de plutónio

Rússia abandona tratado com EUA para reconversão de plutónio

 

Lusa/AO online   Internacional   31 de Out de 2016, 14:11

O Presidente russo, Vladimir Putin, promulgou uma lei que suspende o tratado com os Estados Unidos de reconversão do plutónio militar em combustível nuclear para uso pacífico.

 

Putin, que na semana passada evocou a importância deste tratado pata a “segurança internacional”, acusa os EUA de não o cumprirem por meras razões financeiras.

“Nós gastamos dinheiro e construímos uma fábrica [de reconversão]. Acaso somos mais ricos que os EUA?”, questionou, acrescentando que ao reciclar o material radioativo em vez de o destruir industrialmente, Washington se arroga o direita a reutilizar “em qualquer momento” o plutónio com fins militares.

O tratado, assinado há 15 anos, insere-se no programa de desarmamento estratégico acordado entre a Rússia e os Estados Unidos após o fim da Guerra Fria.

Ele previa reconverter 34 toneladas de plutónio militar usado no fabrico de bombas atómicas em combustível MOX, uma mistura de óxido de urânio e óxido de plutónio.

A cessação deste tratado segue-se à suspensão decidida por Moscovo no princípio de outubro do acordo russo-norte-americano de cooperação em matéria de investigação nuclear e energética.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.