Sociedade

Rotweiller fere gravemente menina de 13 meses


 

Lusa / AO online   Nacional   20 de Mai de 2010, 18:15

Uma menina de 13 meses ficou esta quinta-feira gravemente ferida, tendo de receber tratamento hospitalar, devido a mordidelas de um cão da raça Rotweiller, que se soltou na freguesia de Serzedelo, no concelho de Guimarães.
Segundo fonte da GNR, o mesmo animal atacou, ainda, a avó e uma outra mulher, que estavam com a criança mas apenas lhes causou ferimentos ligeiros.

O cão, à guarda da família, atirou-se à criança, que se encontrava num carrinho de bebé, causando-lhe ferimentos graves na cabeça e face.

A fonte sublinhou que a menina teve de ser transportada para o Hospital de Guimarães, de onde foi transferida para o de São João no Porto, onde se encontra internada, após ter sido submetida a uma cirurgia plástica.

Acrescentou que o avô da criança, que não estava no local na altura do acidente, revelou ainda que o cão nunca tinha agredido ninguém.

A avó, de 58 anos, e uma tia que acorreu para ajudar, ficaram com ferimentos ligeiros nos braços e pernas, pelo que tiveram, também, de receber também tratamento hospitalar.

O cão foi capturado e encontra-se em regime de sequestro no canil de Guimarães.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.