Rotas da TAP para Açores e Madeira bateram recorde de passageiros em novembro

Rotas da TAP para Açores e Madeira bateram recorde de passageiros em novembro

 

Miguel Bettencourt Mota / Lusa   Regional   6 de Dez de 2017, 17:53

As rotas da transportadora aérea portuguesa TAP entre Portugal continental e as regiões autónomas estiveram na base do maior crescimento da taxa de ocupação que aquela companhia registou no mês de novembro em todas as suas operações. E isto porque, por comparação ao mesmo mês de 2016, verificou-se um aumento de 8,3 por cento do número de passageiros que voou na TAP entre o continente português, os Açores e a Madeira.



 

A informação consta de um comunicado enviado pela companhia aérea à agência Lusa, no qual divulga que, na totalidade das suas rotas, registou 13,1 milhões de passageiros até novembro deste ano, o que significa mais 2,4 milhões do que no mesmo período do ano passado e um crescimento de 22 por cento.

Só no mês de novembro, a TAP registou 1,135 milhões de passageiros, mais 17% do que no mesmo mês de 2016.

A empresa nota, em comunicado, que ultrapassou “pela primeira vez na sua história a marca de um milhão neste mês do ano, tradicionalmente um dos menos fortes na indústria do transporte aéreo”.

Foram as rotas europeias que mais contribuíram para este resultado, segundo a transportadora, que fala em mais 114 mil passageiros na Europa do que em novembro do ano passado.

Entre janeiro e novembro deste ano, a companhia transportou, nestas rotas, mais 1,43 milhões de passageiros do que no mesmo período do ano passado, num total de mais de 8,0 milhões de passageiros.

Quanto ao mês de novembro, a TAP destaca a importância também das rotas do Brasil, que em novembro permitiram à transportadora conseguir 128 mil passageiros, mais 17 por cento (19 mil passageiros) do que no mesmo mês do ano passado.

“Para este crescimento e contribuindo para aumentar a presença da TAP no Brasil, tem sido fundamental a parceria com a Azul”, assinala.

Acrescem as rotas dos Estados Unidos, com um total de 53 mil passageiros em novembro, mais 15% do que no mesmo mês de 2016.

“Este foi também o melhor mês de novembro de sempre da TAP no que diz respeito à taxa de ocupação [‘load factor’] dos lugares oferecidos, que atingiu os 79,4 por cento”, adianta a empresa na nota.

A taxa de ocupação mais elevada no mês de novembro registou-se no Atlântico Norte, de cerca de 89%, e é referente aos voos para Nova Iorque, Newark, Boston e Miami (Estados Unidos) e em Toronto (Canadá).



 





Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.