Ronaldo fala em sonho, mas não esconde ambição para a Taça das Confederações

Ronaldo fala em sonho, mas não esconde ambição para a Taça das Confederações

 

Lusa/AO online   Futebol   9 de Mar de 2017, 17:29

O internacional português Cristiano Ronaldo revelou que seria outro sonho tornado realidade a conquista da Taça das Confederações de futebol, não escondendo a ambição de vencer a prova por Portugal.

 

Num dia em que a FIFA deu a conhecer ao avançado luso o troféu da prova, a 100 dias do seu início, Ronaldo mostrou-se consciente das dificuldades em conquistar aquele troféu, mas também revelou o desejo de a seleção portuguesa voltar a conquistar um torneio que nunca ganhou.

"Gostava, era um sonho, mas falta muita ‘pedra para partir’", afirmou o capitão português junto ao troféu, o qual não quis pegar. "Nunca toco, nunca toco nos troféus, porque dá azar", acrescentou.

Sobre a competição, Cristiano Ronaldo diz que "o sonho tem de existir sempre", mas que tudo o resto só mesmo para a altura da competição.

"Agora é ver o que é que vai acontecer, ver como é que a equipa vai estar, a sorte também conta, depende de muitos fatores, espero que Portugal possa ter a felicidade e a sorte de poder ganhar um troféu que também nunca ganhou na história e que seria bonito", concluiu.

A Taça das Confederações, que constitui um 'balão de ensaio' para o Mundial de futebol de 2018, a ser disputado na Rússia, realiza-se naquele país entre 17 de junho e 02 de julho, e junta os vários campeões continentais, o país anfitrião e o campeão do mundo.

A seleção portuguesa, campeã europeia em título, ficou integrada no grupo A, juntamente com a anfitriã Rússia, Nova Zelândia (Oceânia) e México (CONCACAF), enquanto o grupo B é composto por Camarões (África), Chile (América do Sul), Austrália (Ásia) e Alemanha (campeã do mundo).

 

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.