Revista de imprensa nacional


 

Lusa/AO   Nacional   26 de Dez de 2007, 05:34

O aumento do número de mulheres licenciadas em Portugal, o despiste que causou a morte a quatro pessoas em Leiria e a crise no Millennium BCP são alguns temas hoje em destaque na imprensa lisboeta.
O Diário de Notícias chama à primeira página “Licenciadas aumentaram 60 vezes em meio século”, referindo que a percentagem de novas diplomadas é das maiores da União europeia.

    Se em 1960 o total de licenciadas não ia além dos dez mil, no final do ano lectivo em curso esse número deverá rondar as 600 mil, escreve o DN.

    Na capa, o DN salienta também que as “Operações `Stop´ da PSP renderam mais de três milhões este ano”.

    O matutino diz que o balanço é ainda provisório, mas já há “números chorudos”: 3,2 milhões de euros em infracções ao Código da estrada, mais de oito mil por excesso de velocidade, 700 detenções e quase duas mil viaturas apreendidas.

    O Jornal de Notícias destaca em manchete “Despiste mata quatro e ensombra a quadra”, referindo que a noite de consoada acabou de forma trágica para dois homens e duas raparigas no IC2, Leiria.

    Na primeira página, o JN realça também uma reportagem com estudantes que “viveram um dia na prisão” para jovens criminosos e que o padre da paróquia de Alijó foi espancado quando se dirigia para a missa do galo.

    O Público faz manchete com o título “Falta de pessoal `liberaliza´ uso de drogas em seis distritos”, salientando que a desigualdade na aplicação da lei pode criar sentimento de impunidade.

    O diário diz que há seis distritos de Portugal onde a compra, posse e consumo de droga em pequenas quantidades não tem qualquer consequência porque as Comissões de Dissuasão da Toxicodependência destes locais estão sem poder decisório por falta de pessoal.

    Um dos distritos é Lisboa, os outros são Santarém, Bragança, Guarda, Viseu, Coimbra e Faro.

    “Sócrates anuncia défice abaixo dos três por cento” e “Maioria [dos portugueses] passa réveillon em Portugal” são outras chamadas de capa do Público.

    “Seguros vão pagar menos” é a manchete do Correio da Manhã, adiantando que a nova lei vai limitar indemnizações nos danos físicos e morais às vítimas de acidentes de viação.

    O CM puxa também para a capa o despiste em Leiria que causou quatro mortos e um ferido grave em Leiria e “Papa põe ambiente no topo das suas prioridades””.

    O 24horas titula “Esmeralda pediu para ir ao tribunal falar com o juiz”, salientando que a lei permite que a menina diga com quer ficar.

    O diário avança também na primeira página que “Gangue do Porto recebe `encomenda´ de morte na Internet”.

    De acordo com o jornal, uma mensagem - a oferecer quantia em dinheiro para serem eliminados três indivíduos - foi colocada na Internet por hooligans da Ribeira no dia seguinte à “Operação Noite Branca”, na qual foram detidas 14 pessoas.

    O Jornal de Negócios faz manchete com o título “Crise no BCP: Partidarização ameaça lista de Santos Ferreira”.

    O económico refere que a notícia de que Armando Vara [gestor da Caixa geral de Depósitos] integrará a lista de Carlos Santos Ferreira para o BCP causou mal-estar entre vários accionistas do banco.

    “Como investir o seu dinheiro em 2008” e “Geotur eleita a melhor agência de Viagens Corporate” são outros assuntos abordados no JdN.

    “Santos Ferreira insiste em levar Vara para o BCP” adianta o Diário Económico em manchete, referindo que o ainda presidente da Caixa Geral de Depósitos vai mesmo impor Armando Vara, apesar da forte oposição de um grupo de accionistas, entre os quais o BPI.

    O jornal adianta ainda que a lista candidata será apresentada hoje aos accionistas.

    “Crime económico rende 50 milhões à Judiciária” e “Bancos nacionais são menos eficientes” são outros títulos do DE.

    A revista Visão destaca na sua edição de hoje “Como deixar (mesmo) de fumar”, fazendo também chamada de atenção para a entrada em vigor a 01 de Janeiro da nova lei anti-tabaco.

    A revista Focus puxa para a capa o título “A outra face”, realça que o empresário Joe Berardo é a figura do ano.

    “Conheça as rotinas de Sócrates e dos outros políticos” e “Adolescentes recusam relações com preservativo” são outros temas da Focus.

    As entrevistas a Di Maria, jogador do Benfica, Rui Patrício, guarda-redes do Sporting, e Soares Franco, presidente dos “leões”, preenchem hoje as primeiras páginas dos jornais desportivos.

    “Temos de ser campeões a curto prazo” é a frase de Soares Franco escolhida pelo Record para figurar como manchete, servindo de ponto de partida para uma entrevista em que o “Presidente leonino avisa que não pode cortar mais nos custos”.

    Na sua entrevista ao Record, Soares Franco deixa ainda mais duas frases chave: “Não quero que Liedson saia do Sporting” e “Nunca fui amigo de (Carlos) Queiroz (treinador) e de (Rui) Meireles (ex-administrador)”.

    “Acreditamos que é possível” titula por seu lado A Bola, chamando a atenção para uma entrevista ao argentino Di Maria “com o título na cabeça”.

    Já a manchete de O Jogo chama a atenção para uma frase de Rui Patrício, em que o jovem guarda-redes titular do Sporting deixa uma garantia: “Sou capaz de ralhar com Polga e Tonel”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.